sexta, 29 maio 2015 10:14

Doença hepática alcoólica é uma das frequentes causas de morte em Portugal

Doença hepática alcoólica é uma das frequentes causas de morte em PortugalA doença hepática alcoólica é muito preocupante sobretudo nas sociedades ocidentais. Portugal é o 10º maior consumidor de álcool entre a população adulta dos países da OCDE, estimando-se que cerca de 6% da população tenha comportamentos alcoólicos.

"Embora a legislação sobre o consumo de álcool tenha sido recentemente alterada, e sendo o seu consumo proibido a menores de 18 anos, se a fiscalização não for permanente, a lei poderá ter um impacto reduzido na população", refere Helena Pessegueiro, médica da Unidade de Transplante Hepático e Pancreático do Hospital de Santo António, no Porto.

Um estudo recente da Associação Portuguesa para o Estudo do Fígado (APEF) revela que o álcool é a principal causa de cirrose hepática em Portugal, tendo-se observado que nos últimos 15 anos, 84% dos internamentos por cirrose foram de etiologia alcoólica.

A quantidade mínima de álcool necessária para o desenvolvimento de doença hepática não está rigorosamente definida, podendo contribuir para uma maior gravidade da doença hepática alcoólica outros fatores de risco, como o género, a raça negra, a infeção pelo vírus da hepatite C, a obesidade e a sobrecarga de ferro. No entanto, está comprovado que mesmo valores de consumo entre os 12g e os 24g de álcool por dia aumentam o risco de mortalidade por cirrose hepática. "Portanto, mesmo consumos considerados "não excessivos", não são isentos de risco", acrescenta.

"A doença hepática alcoólica é um dos principais motivos de referenciação para transplante hepático na Europa. No entanto, a transplantação é um recurso indicado a situações muito graves e muito limitado pelo número de dadores, inferior aos candidatos a esta modalidade terapêutica, indicada apenas em doentes muito selecionados», sublinha a especialista.

Este é um dos temas em destaque na Semana Digestiva 2015, que será abordado na conferência intitulada «A Transplantação Hepática em Discussão», no dia 12 de Junho pelas 14:30.

A Semana Digestiva 2015, um dos eventos médicos com maior expressão em Portugal, organizado pela Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG), Sociedade Portuguesa de Endoscopia Digestiva (SPED), Associação Portuguesa para o Estudo do Fígado (APEF), Sociedade Portuguesa de Gastroenterologia Hepatologia e Nutrição Pediátrica (SPGP), decorre entre os dias 10 a 13 de Junho, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto.